emagrecimento duradouro

Saiba tudo sobre emagrecimento sustentável.

Saiba tudo sobre emagrecimento sustentável.

Emagrecimento sustentável: o que é? Como conseguir?

Quando olhamos no dicionário a palavra sustentável, achamos o seguinte significado: aquilo que se consegue sustentar (manter). Daí, emagrecimento sustentável é aquele que se mantém após a dieta (ou a reeducação alimentar).

A literatura nos fala que a cada quilo emagrecido teremos que mantê-lo por um mês. Ou seja, se o paciente perdeu 10 quilos, após 10 meses de peso mantido, diminui em muito o risco de reganho de peso e podemos pensar em um emagrecimento duradouro que é igual ao um sucesso no tratamento.

Emagrecimento sustentável está muito ligado ao psicológico da pessoa. Num emagrecimento duradouro, o paciente realmente aprendeu a comer e aprendeu a lidar com a comida de uma forma consciente.

Lembro-me uma vez de uma paciente que tinha perdido 40 quilos numa desta clínicas da moda e em poucos meses após o término do tratamento, voltou a engordar 50 quilos. E ela verbalizou da seguinte forma:

“Doutora, eu me sinto ser igual aquelas pessoas que ganham uma fortuna na MegaSena. Ficam milionárias! Gastam tudo e em pouco tempo tem que voltar a trabalhar! Eu fiquei magra e agora estou imensa; tenho que fazer dieta de novo!” Você se identificou?

Quem já emagreceu muito e voltou a engordar? O famoso efeito-sanfona? Pois é, se você se identificou, você faz parte do público-alvo que precisa fazer psicoterapia para emagrecer. Fazer terapia para entender o porquê comer indiscriminadamente, entender que sofrimento é este que precisa comer, entender os hábitos/cultura da família que te criou, aprender a ter a habilidade do auto-controle.

Nesta luta para emagrecer, muitas pessoas tentam de tudo um pouco: dieta Dukan, dieta da Lua, dieta dos pontos, entre outros. Dietas que emagrecem rapidamente, mas são INSUSTENTÁVEIS! Ninguém consegue passar a vida comendo com tanta restrição. Além de que sabe-se que dietas restritivas levam ao ciclo de compulsão alimentar. Assim, temos que evita-las ao máximo.

Por que algumas pessoas conseguem emagrecer e manter e outras não? Qual é o segredo?

  1. As pessoas entendem que tem um problema: a obesidade é uma doença e tem que ser tratada ANTES que venham as complicações (diabetes, pressão alta, artrite e tudo aquilo que já sabemos). É aceitar que estou acima do peso e preciso me tratar!

  1. As pessoas procuram ajuda especializada: Você consegue diferenciar o que é sonho de meta? Eu tenho o sonho de ficar magra versus eu tenho a meta de emagrecer e me manter magra para o resto de minha vida. Procurar ajuda tem muito a ver em estratégia de planejamento para que eu emagreça. É nesta hora que devo procurar a ajuda multidisciplinar: médico, nutricionista, Psicólogo Especializado em Obesidade e Transtorno Alimentar, professor de educação física.

 

Aqui eu devo colocar uma dica: vá primeiro ao psicólogo especialista em Obesidade. Depois de algumas sessões ele te indicará para o restante da equipe! Isto por que em muitas vezes você precisará adquirir algumas habilidades, fortalecer alguns comportamentos para conseguir aderir à dieta. Frequentemente, vejo aquele paciente que marca todos os profissionais de uma vez, na mesma semana, mas não consegue fazer nem um mês…

  1. As pessoas mudam os hábitos: Neste momento, o paciente já percebe que possui a “fome do ócio”. Aquela fome que quando está sem fazer nada, pega uma guloseima. Agora, já terapeuticado, quando está sem fazer nada, procura relaxar, procura uma atividade física ou outra atividade, menos COMER. Neste momento, ele consegue manter as boas escolhas nutricionais que sua nutricionista a indicou, mantem a rotina de atividade física e se percebe em relação ao comer indiscriminadamente.

 

  1. As pessoas mantém as prescrições: Assim como o paciente diabético precisa manter sua rotina com o uso de insulina e medicação complementar; o obeso emagrecido precisa manter o que conquistou: hábitos, pensamentos adaptativos em relação a comida, hobbies (o hobby é uma válvula de escape para o estresse. Procure o seu!).

 

Enfim, tenho falado muito aqui no site ou em outros canais que emagrecer é fácil, todo mundo emagrece, o difícil é manter este emagrecimento. Conscientize-se que você precisará ser cuidadoso com sua alimentação, de modo que deve sempre reparar no que come, quantidade que come e como come (pensamentos e emoções).

Visite minha página no Instagram:ttps://www.instagram.com/psiquemagra/

Veja meu perfil no Doctoralia:https://www.doctoralia.com.br/medico/brasil+luciana-14811726

 

Posted by Psicóloga Luciana Brasil in Todos
A influência da autoestima no processo de emagrecimento

A influência da autoestima no processo de emagrecimento

Auto Estima e Emagrecimento:

Auto Estima corresponde às crenças  que temos sobre nós mesmos; é a forma como nos entendemos e corresponde a nossa auto-imagem. Muitas pessoas desejam emagrecer por acreditarem que, quando conquistarem esse objetivo passarão a gostar de quem são e, assim, vários problemas da vida serão resolvidos. No entanto, o caminho é inverso.

Vejo isto acontecer muito com paciente de cirurgia bariátrica que emagrece muito em pouco espaço de tempo. Quando fazemos a avaliação pré-operatória, muitas vezes o paciente tem uma expectativa enorme: que vai arrumar emprego depois de emagrecer, que vai arrumar um companheiro depois de emagrecer, que vai… E muitas vezes isto não acontece, pois ele precisa ter um bom currículo para arrumar um emprego, um bom papo para arrumar um cônjuge e assim por adiante.

A Auto Estima tem consequências em vários aspectos da nossa vida: no trabalho, no relacionamento com as pessoas e na capacidade de realização.

O processo de emagrecimento saudável é longo e difícil, para conseguir é preciso desenvolver três importantes sentimentos: autoestima, autoresponsabildiade e autoconfiança.  Não gostar de quem você é, culpar a vida e focar nas suas escolhas ruins é um dos caminhos para você NÃO ter sucesso.

Auto Estima e Obesidade:

No contexto do ganho de peso (obesidade e sobrepeso), as recorrentes histórias de fracasso (emagrece/engorda/emagrece/engorda) causadas pelo efeito sanfona abalam em muito o sentimento de competência das pessoas, daí a auto-estima fica prejudicada.

É preciso aceitar com mais compreensão a sua própria história, suas fraquezas e começar a amar quem você é, independente dos seus defeitos. Os resultados só acontecem para as pessoas que abandonam um histórico de culpas e começam a se olhar com mais amor, responsabilidade e confiança.

Gostar de si mesma e acreditar na sua capacidade de realizar o que deseja te ajudará a fortalecer seus potenciais, a aceitar seus erros e a fazer escolhas diferentes de agora em diante. Você vai emagrecer, não porque deseja ser outra pessoa, mas porque se ama, acredita que merece ter uma qualidade de vida melhor e se esforçará ao máximo para conquistar.

“Eu gosto de quem eu sou e por isso mereço a melhor versão de mim mesma”. Esse é o pensamento que te fortalece e que te leva até os resultados. Vamos lá?!

Quer saber mais? Visite minha página no Instagram:https://www.instagram.com/psiquemagra/

Posted by Psicóloga Luciana Brasil in Todos